Home > Aircrafts > Pipistrel Panthera

Pipistrel Panthera

Um novo standard para a aviação leve

Panthera renderizado. Imagem: Pipistrel.

Panthera renderizado. Imagem: Pipistrel.

Com mais de 25 anos de história, a fabricante eslovena Pipistrel tem se destacado no cenário aeronáutico, especialmente na aviação leve e experimental, pelas suas premiadas aeronaves esportivas – ultraleves e LSA (Sinus, Virus), planadores (Tauros), e demonstradores – e pelo empenho em inovação tecnológica, como o uso ostensivo de materiais compósitos como materiais estruturais primários e de sistemas propulsivos elétricos, que já lhe conferiram, entre outros, dois prêmios consecutivos da NASA. O Panthera é a entrada em cena da fabricante do leste europeu no mundo da aviação homologada. Projetado para satisfazer os requisitos da normativa FAR 23, o Panthera é também uma aposta: a de que o mercado já está pronto a assimilar um passo avante em termos de tecnologia e design, não só em termos de aerodinâmica, mas também de propulsão.

Histórico

O projeto do Panthera, que teve início em 2009, partiu de uma ideia ousada do CEO da empresa, Ivo Boscorol: tratava-se simplesmente de projetar e construir a melhor e mais eficiente aeronave da categoria, nos limites da tecnologia, lançando um desafio direto aos “gigantes” do setor. Depois de muito trabalho e de consumir muitas horas de estudos de CFD e design, o protótipo do Pipistrel Panthera, no qual a fabricante eslovena vinha trabalhando então a 3 anos, foi apresentado ao público pela primeira vez, no prestigiado ExpoAero de Friendrichshafen, na Alemanha, entre 18 e 21 de Abril de 2012. O primeiro voo do Panthera, que será produzido na fabrica italiana da empresa em Gorizia, ocorreu recentemente, no último dia 4 deste mês (abril, 2013), em um voo de 54 minutos, partindo do aeroporto de Cerklje ob Krki, na Eslovênia. Foram testadas as características de pilotagem e performance da aeronave, e de acordo com a fabricante, os resultados estavam em perfeito acordo com as previsões. Até o momento foram feitos vários vôos, tanto com trem de pouso baixado quando recolhido.

Panthera decolando para seu primeiro voo. Imagem: Pipistrel

Panthera decolando para seu primeiro voo. Imagem: Pipistrel

Ainda mais recentemente, aos 23 de Abril, a aeronave decolou do aeroporto de Ajdovščina, sede da empresa, e partiu novamente em direção a Friendrichshafen, na Alemanha, mas desta vez voando, para ser mais uma vez apresentado ao público em sua nova fase. A certificação está prevista para 2015. E embora a empresa alegue ter várias encomendas registradas, não estão disponíveis publicamente dados sobre o numero ou origem de tais encomendas.

Comentários

    • diz

      Olá Nanael. Obrigado pelo comentário. O artigo, assim como todo o site, está bem desatualizado. Convém garimpar informações mais atuais. Espero poder ter tempo para voltar a me dedicar ao site. Abrs.

Deixe uma resposta